Projeto Reanimação Neonatal – Belém

A semana de 15 a 17 de junho foi marcante para a cidade de Belém. Médicos de gabarito internacional, credenciados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, em parceria com o Programa de Ajuda Humanitária de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias participaram de uma série de palestras teóricas e práticas de Reanimação Neonatal para cerca de 530 profissionais da saúde, entre eles, médicos pediatras e auxiliares de diversas cidades da região.

Segundo os irmãos Wilson Gomes, do Departamento de Bem-Estar da Igreja e o Dr. Ryan Wilcox, pediatra voluntário da Igreja, nunca houve no mundo, em todas essas jornadas apoiadas pela Igreja, algo semelhante. A quantidade de profissionais ultrapassou em muito todas as previsões e expectativas. Toda a jornada e treinamentos são conduzidos pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Além de apoio material ao curso,  o Programa de Ajuda Humanitária, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, coordenado pelo Departamento de Bem-Estar da Igreja no Brasil, doou aos hospitais participantes todo o material usado incluindo 20 kits completos de reanimação neonatal. Os kits são compostos de vários itens, entre eles, um manequim de reanimação neonatal; um manequim para intubação; um balão auto-inflável; duas máscaras (termo e pré-termo); um cabo de laringoscópio; duas lâminas retas; pilhas sobressalentes; quatro cânulas endotraqueais; um fio-guia metálico; sondas de aspiração traqueal; compressas e seringas. Além desses itens, serão doados mais máscaras, lâminas, seringas, bulbos, cobertores e outros materiais.

O mesmo projeto já foi levado a efeito em diversos países, tais como China, Mongólia, Equador, Paraguai, Bolívia e Etiópia. No Brasil, as palestras já foram realizadas em São José do Rio Preto (SP), Resende (RJ), Maceió (AL) e Rio Branco, no Acre, Salvador (BA), São Luis e Imperatriz (MA).

Participaram do evento a Dra. Amira Figueiras Presidente da Sociedade Paraense de Pediatria, Dra. Rejane Cavalcante Coordenadora e Instrutora do Curso de Reanimação Neonatal e a Dra. Eunice Begot representante da Secretaria da Saúde do Estado do Pará.

Jornais importantes como: Diário do Pará; O Liberal e Amazonia Jornal, além da Rádio Cultura e Televisão, deram cobertura jornalística ao evento, que tem como objetivo central salvar vidas e assim contribuir para que a taxa de mortalidade infantil seja reduzida, ou evitar que crianças – que tenham complicações respiratórias no momento do nascimento, no parto, possam não ter sequelas para o resto de suas vidas.         

Fonte – Constantino Alcântara – Diretor de Assuntos Públicos Multiestacas e Departamento de Assuntos Públicos Brasil

Fotos – Élder Jorge Brehm / Constantino Alcântara

Anúncios

Sobre autossuficienciabrasil

Destinado a troca de know-how entre os Especialistas de Autossuficiência de Alas e Estacas
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.